Últimas Notícias

[5]

Consumo de maconha está associado com o desenvolvimento de transtorno bipolar


Pesquisadores da Universidade de Warwick, Reino Unido, encontraram que o consumo de cannabis por adolescentes está intimamente associado com o desenvolvimento de sintomas do transtorno bipolar.

- Continua após o anúncio -



Esse achado, publicado no Schizophrenia Bulletin desta semana, foi obtido a partir da análise de um grande banco de dados do Avon Longitudinal Study of Parents and Children. Basicamente, a associação encontrada mostrou que o uso de cannabis no período da adolescência pode ser um fator de risco independente para o desenvolvimento de uma futura hipomania - caracterizada por intervalos temporais de humor exacerbado, hiperatividade e comportamento geral excitado, com isso sendo acompanhado por uma redução no sono.

Esses sintomas da hipomania fazem parte do espectro do transtorno bipolar e geram um significativo impacto negativo no dia-a-dia do indivíduo. Os pesquisadores encontraram também que parece existir uma relação de dose-resposta, ou seja, qualquer consumo de cannabis parece gerar um aumento de risco para a hipomania, mas que uma grande associação com o transtorno está ligada com um consumo semanal de, no mínimo, 2-3 vezes (algo mais do que comum com quem usa essa droga).

Ainda de acordo com os pesquisadores, a natureza dessa associação parece ser causal e não apenas algo em paralelo com o consumo de cannabis. Além disso, analisando revisões sistemáticas na área, eles também concluíram que o consumo dessa droga está associado com uma piora em sintomas maníacos em pessoas com transtorno bipolar pré-existente. Aliás, tudo isso se soma a outros transtornos psiquiátricos associados com o consumo de cannabis em usuários frequentes.

Nesse sentido, adolescentes que consomem cannabis com frequência podem até mesmo serem fortes candidatos futuramente para uma intervenção precoce com o intuito de tentar prevenir um possível desenvolvimento de transtorno bipolar.

- Continua após o anúncio -



Esse é mais um dos estudos se acumulando em anos recentes mostrando que o consumo indiscriminado de maconha não é algo inofensivo como geralmente é pintado entre os jovens, especialmente nos EUA, onde o uso problemático dessa droga já afeta cerca de 9,5% da população - com a cultura pop no país retratando o consumo de cannabis como algo mais do que normal, e com uma tendência perigosa do mesmo estar ocorrendo com a cocaína.

Para saber mais, acesse:

Publicação do estudo: AcademicOup

Consumo de maconha está associado com o desenvolvimento de transtorno bipolar Consumo de maconha está associado com o desenvolvimento de transtorno bipolar Reviewed by Saber Atualizado on dezembro 01, 2017 Rating: 5

2 comentários:

  1. Respostas
    1. O projeto Saber Atualizado não está aqui para agradar a sua opinião e, sim, reportar avanços, descobertas e fatos científicos.

      Excluir

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]