Últimas Notícias

[5]

Cientistas encontram que o aquecimento dos oceanos reflete o pior cenário previsto



Um estudo publicado esta semana na Nature trouxe dados mais do que preocupantes. A partir de um novo método de medição da variação de temperatura média global dos oceanos, pesquisadores mostraram que a taxa de aquecimento das massas de água marinha desde 1991 representa o pior cenário estimado por estudos anteriores. Os esforços atuais de limitar a emissão de gases estufas podem não ser suficientes para impedir uma catástrofe climática nas próximas décadas.

Os oceanos são a principal fonte de inércia termal no sistema climático, e as variações da sua temperatura média ao longo dos anos refletem o quanto a superfície da Terra está esquentando. Nas últimas décadas, essas variações térmicas têm sido quantificadas a partir de medidas hidrográficas de temperatura e da análise de dados do programa flutuante Argo, o qual expandiu sua área de cobertura no ano de 2007. Porém, as estimativas baseadas nessas metodologias apresentam falhas e limitações, especialmente derivadas da cobertura insuficiente da superfície e do interior oceânicos para a coleta de amostras. Com isso, a introdução de incertezas chegam a ser de 25%-50% dos valores encontrados.

- Continua após o anúncio -



Para contornar as limitações e falhas, os pesquisadores agora utilizaram uma nova metodologia para estimar as variações térmicas na massa oceânica: a análise quantitativa de gases oxigênio e dióxido de carbono na atmosfera. A lógica é bem simples: à medida que a água aquece, a capacidade de solubilização de gases nela diminui, levando à liberação de gases dissolvidos. Sabendo o quanto de gases é liberado para cada variação de temperatura (correspondente a uma variação energética em Joules) é possível estimar as taxas de aquecimento medindo as variações de gases na atmosfera. Como os gases após serem liberados da massa oceânica se misturam de forma homogênea na atmosfera, não é necessário se preocupar com a coleta de inúmeras amostras ao longo da superfície terrestre.

Aliás, esse método já era utilizado, mas baseado na análise de gases nobres (usando a razão entre argônio e nitrogênio, por exemplo). Porém, o uso de gases nobres não gera medições acuradas, devido à baixíssima presença desses gases na atmosfera.

No novo estudo, o maior desafio dos pesquisadores foi conseguir isolar com a máxima precisão possível a liberação de oxigênio e de dióxido de carbono dos oceanos, descontando fontes antropogênicas (indústrias, veículos, etc.) e naturais (fotossíntese, respiração celular, etc.). Para isso, eles usaram cálculos computacionais para estimar o chamado 'potencial atmosférico de oxigênio' (APO), cuja variação corresponde à soma da variação de quatro contribuidores independentes, como esquematizado abaixo.

                                 
Com essa nova ferramenta de análise, os pesquisadores encontraram que os oceanos ganharam 1,33±0,20 x 10^22 joules de calor por ano entre 1991 e 2016, equivalente a um desbalanço de energia de 0,83±0,11 watts por metro quadrado da superfície da Terra. Esses valores correspondem às estimativas mais pessimistas (mais altos valores) de aquecimento da superfície do planeta.

Esse é mais um alerta (1) para que os países coloquem mais esforços no sentido de reduzir as emissões de gases estufas (metano e dióxido de carbono em especial). O aquecimento global parece ser pior do que pensávamos, e as consequências mais trágicas podem surgir mais cedo do que anteriormente estimado.  E, infelizmente, um dos maiores contribuidores para as emissões de gases estufas, os EUA - sob a administração Trump -, ainda continua relutante em se comprometer com as metas determinadas pelo Acordo de Paris.

(1) Para saber mais, acesse: IPCC lança alerta de urgência na luta contra o aquecimento global

Leitura recomendada: Aquecimento Global: Uma Problemática Verdade

Publicação do estudo: Nature

Cientistas encontram que o aquecimento dos oceanos reflete o pior cenário previsto Cientistas encontram que o aquecimento dos oceanos reflete o pior cenário previsto Reviewed by Saber Atualizado on novembro 02, 2018 Rating: 5

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]