Últimas Notícias

[5]

Estudo de grande impacto atualiza importante teste genético e irá salvar milhares de pacientes da quimioterapia


Um teste realizado para a identificação de 21 genes relacionados ao grau de agressividade do câncer de mama pode permitir agora que a maioria dos pacientes (~70%) com o mais comum tipo de câncer de mama no estágio inicial seja tratado sem a desgastante e pesada quimioterapia, de acordo com um estudo de grande escala publicado no periódico New England Journal of Medicine.

O teste genético em questão - já em amplo uso nos últimos anos - examina 21 genes identificados a partir da biópsia do tecido mamário com câncer para determinar o quão ativo eles são. Nesse sentido, o tumor é marcado com uma "pontuação de recorrência" de 0 a 100. Quando maior a pontuação, maior é a chance do câncer recorrer em órgãos distantes e diminuir a chance de sobrevivência. Ou seja, os pacientes com alta pontuação são aqueles que realmente precisam da quimioterapia.

- Continua após o anúncio -



Porém, antes do novo estudo, os médicos e pacientes ficavam em dúvida sobre o que fazer se o câncer marcasse uma pontuação intermediária: quimioterapia ou tratamentos medicamentosos alternativos? Era incerto se os benefícios tragos pela quimioterapia eram grandes o suficiente para justificar os riscos adicionados pela sua alta toxicidade. Estudos anteriores já tinham encontrado que pacientes com baixa pontuação (10 ou menos) não precisavam, de fato, da quimioterapia, enquanto mulheres com alta pontuação (25 ou mais) precisavam da quimioterapia.


O novo estudo examinou a maioria das mulheres que caíam no nível intermediário de 11-25, e que, até o momento, acabavam sendo encaminhadas na maior parte das vezes para a quimioterapia por causa da dúvida.

Para isso, pesquisadores Norte-Americanos analisaram 10273 mulheres de 18 a 75 anos de idade que tiveram o mais comum tipo de câncer de mama (hormônio-receptor positivo, HER-2 negativo) mas cujo tumor não se espalhou para os nódulos linfáticos e se encontrava com um tamanho variando de 1,1 a 5 cm. Eles examinaram, em específico, os resultados de 69% dos pacientes que tiveram pontuações intermediária.

Esse grupo selecionado foi dividido aleatoriamente em dois grupos: um recebeu quimioendocrinoterapia seguida por terapia endócrina (hormonal) e o outro apenas terapia hormonal. Os pesquisadores analisaram os dois grupos com base em vários parâmetros, incluindo a regressão do câncer, sua recorrência local ou em partes distantes do corpo, e a taxa de sobrevivência em geral.

Os resultados mostraram que as pacientes com pontuação média, especialmente mulheres com idades de 50 a 75 anos, não respondiam de forma significativamente diferenciada à quimioterapia ou ao tratamento hormonal. A taxa de sobrevivência, por exemplo, diferiu por apenas 0,1% entre os dois grupos. Para mulheres com menos de 50 anos de idade, os resultados foram similares quando a pontuação era menor ou igual a 15. Entre as mulheres mais jovens com pontuação de 16 a 25 os benefícios foram um pouco maiores no grupo tratado com quimioterapia.

No geral, esses resultados irão salvar milhares de mulheres de enfrentar desnecessariamente a quimioterapia.

O estudo detalhando as análises do teste clínico foi publicado em conjunto com a sua apresentação em uma sessão neste domingo na reunião da American Society of Clinical Oncology 2018 (ASCO 2018), Chicago.

Compartilhe o artigo:



Referência: ASCO

Referência adicional: Eureka Alert

Estudo de grande impacto atualiza importante teste genético e irá salvar milhares de pacientes da quimioterapia Estudo de grande impacto atualiza importante teste genético e irá salvar milhares de pacientes da quimioterapia Reviewed by Saber Atualizado on junho 03, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]