Últimas Notícias

[5]

Efeito CSI: Assistir à séries criminais faz de você um melhor criminoso?


Será que assistir ao trabalho forense fictício em séries criminais de televisão influenciam os telespectadores? Existe uma forte crença de que esse é o caso e que as consequências de pessoas assistindo a tais séries ou programas - como 'CSI: Crime Scene Investigation', 'Dexter', e outros do tipo - estão sendo refletidas no mundo real, em um fenômeno denominado de 'Efeito CSI' (CSI Effect).

Nesse sentido, uma das situações mais temidas é de que, supostamente, criminosos estão aprendendo a como cometer melhor os crimes, especialmente no momento de cobrir os rastros e dificultar o trabalho policial. Além disso, existem preocupações também de que o júri nos EUA e outras partes do mundo podem agora ter excessivas expectativas em relação às evidências e, como resultado, estariam mais propensos a absolverem o acusado.

Para descobrir de uma vez por todas se isso é algo verídico ou não, um time de psicólogos alemães da Johannes Gutenberg University Mainz realizaram um estudo experimental - publicado no periódico International Journal of Law, Crime and Justice, e sendo o primeiro do tipo - para testar a hipótese sob diferentes metodologias.

- Primeiro, os pesquisadores analisaram as estatísticas de banco de dados do FBI e da agência de investigação correspondente na Alemanha (BKA), e compararam as taxas de detecção criminalística durante os anos anteriores ao lançamento da grande série de sucesso CSI com os anos posteriores.

- Então, eles fizeram uma entrevista com 24 criminosos condenados em prisões para obterem opiniões sobre séries como CSI e se essas teriam os ajudado a escapar da condenação ou se teriam alguma utilidade em geral.

- Em seguida, os pesquisadores montaram um complexo experimento para descobrir se telespectadores fãs dessas séries criminais estariam, na prática, melhores equipados com técnicas para apagar seus traços em, nesse caso, um crime simulado. Em paralelo com um grupo de controle (que não assistiam às séries), esses telespectadores tinham que fingir serem criminosos na limpeza de uma cena realista de um assassinato.

- Em último lugar, um experimento similar ao anterior foi realizado mas onde um crime foi reencenado com a ajuda de um modelo de brinquedo. 120 participantes tinham que limpar a cena falsa de um assassinato da melhor forma que achassem para não serem pegos.


- Continua após o anúncio -



Como resultado geral, os pesquisadores não encontraram qualquer conexão entre ver séries ou programas criminais e a habilidade de evitar com sucesso a detecção após um indivíduo ter cometido um crime. No entanto, os participantes homens na quarta parte experimental se saíram melhor do que as participantes mulheres, e os participantes mais jovens se saíram melhor do que os mais velhos, e aqueles mais bem educados (ensino escolar) se saíram melhor do que os menos educados. Participantes no estudo trabalhando em profissões técnicas, em especial homens, parecem também ter uma maior vantagem no sentido de saber melhor esconder crimes.

Ou seja, a antiga crença que começou tão cedo com os contos de Sherlock Holmes e ganhou ainda mais força com a estreia de séries como CSI, Law & Order, Quincy, entre outros, parece não ter uma base científica de veracidade, caindo mais na esfera de mito do que qualquer outra coisa - pelo menos até que novas evidências científicas do contrário sejam apresentadas. Pode ser a mesma coisa que dirigir um carro: não adianta apenas saber na teoria como dirigir um carro para dirigir um na prática com uma mínima destreza.


Estudos científicos como esse são importantes para quebrar alguns dogmas que podem gerar consequências desnecessárias e danosas dentro da sociedade, como o surgimento de leis de proibição baseadas em falsos preceitos. Algo similar, por exemplo, ocorre com produtos de entretenimento que carregam violência - achar que uma pessoa ficará mais violenta por assistir violência em filmes - ou até mesmo achar que ter contato direto ou indireto com homossexuais tornará seu filho um homossexual - aliás, leis oficiais, como na Rússia e em alguns países na África e na Ásia, se baseiam nessa falsa premissa para proibir a exposição de conteúdo com qualquer menção homossexual para crianças e adolescentes ou mesmo para criminalizar a homossexualidade.


Artigo Recomendado: Homossexualidade: Criminalização, casamento e filhos

Publicação do estudo: ScienceDirect

Referência adicional: UNI-Mainz

Efeito CSI: Assistir à séries criminais faz de você um melhor criminoso? Efeito CSI: Assistir à séries criminais faz de você um melhor criminoso? Reviewed by Saber Atualizado on janeiro 07, 2018 Rating: 5

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]