Últimas Notícias

[5]

Bebês (fetos) conseguem dar chutes de quase 5 kg de peso dentro do útero



Apesar da aparência frágil, um novo estudo publicado no Journal of The Royal Society Interface, mostrou que as pernas dos bebês ainda dentro do útero - nesse caso, fetos - são bem poderosas, chegando a entregar chutes com uma força de quase 5 kg de peso. E esses movimentos mostram-se essenciais para uma boa formação músculo-esquelética nessa fase da vida.

Nos humanos, o primeiro movimento que é observado no feto é a curvatura da cabeça e pescoço na 10° semana de gestação, seguido de um completo espectro de movimentos corporais (membros, respiração, etc.) que ocorrem regularmente a partir da 15° semana. A sensação materna desses movimentos geralmente tem início entre 16 e 18 semanas. A falta ou excesso desses movimentos são ligados a sérios problemas com o feto, especialmente sua diminuição, a qual está associada com um maior risco de baixo peso no nascimento, parto prematuro e anormal desenvolvimento muscular e esquelético (ossos mais frágeis, deformações esqueléticas, etc). Na SDAF (sequência de deformação da acinesia fetal), por exemplo, uma rara síndrome (1:15000), onde existe uma total ausência de movimentos fetais durante a gestação, o bebê nasce com ossos finos, múltiplas contraturas articulares, anormalidades na coluna espinhal e mãos muito juntas e apertadas.

- Continua após o anúncio -



No novo estudo - o primeiro do tipo - a biomecânica fetal ao longo de gestações completas foi avaliada com uma nova tecnologia de imagem por ressonância cine-magnética, a qual permite acompanhar os movimentos fetais, quantificar os chutes e forças musculares e aplicá-las em geometrias tridimensionais do esqueleto fetal.


- Continua após o anúncio -



Segundo os resultados obtidos pelos pesquisadores, a média de deslocamento da parede uterina devido aos chutes não muda significativamente entre 20 e 30 semanas de gestação, sendo de aproximadamente 11 milímetros. No entanto, o deslocamento observado na 35° semana diminuiu bastante, para aproximadamente 4 milímetro. A força dos chutes aumenta significativamente ao longo do tempo entre 20 e 30 semanas, de cerca de 29 para 47 Newtons (algo equivalente ao peso de 4,7 Kg aqui na superfície terrestre - um típico pacote de açúcar), antes de diminuir significativamente para 17 Newtons na 35° semana.

A força dos chutes começa a cair após a 30° semana de gestação provavelmente porque o feto fica com progressivo menos espaço dentro do útero à medida que ele vai crescendo. Mas os pesquisadores mostraram que mesmo com os fetos mais velhos (35 semanas) deformando menos a parede uterina, o estresse e tensão no esqueleto fetal nessa idade são no mínimo tão altos quando nos períodos anteriores e acima das 15 semanas.

Essas e outras observações do novo estudo reforçaram que o estresse e a tensão colocados no esqueleto fetal provavelmente agem como estímulos biomecânicos para o desenvolvimento esquelético e morfogênese, algo que corrobora outros estudos em modelos animais. Esses movimentos seriam como reais exercícios físicos visando uma melhor formação de ossos, músculos e articulações.

Então, siga o exemplo das 'pessoas' que ainda nem saíram da barriga da mãe e vai dar um jeito de colocar os exercícios físicos como parte da sua rotina, porque eles fazem bem praticamente durante sua vida inteira.


Publicação do estudo: RSIF

Bebês (fetos) conseguem dar chutes de quase 5 kg de peso dentro do útero Bebês (fetos) conseguem dar chutes de quase 5 kg de peso dentro do útero Reviewed by Saber Atualizado on janeiro 24, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]