Últimas Notícias

[5]

Dinossauros com penas eram mais 'fofos' do que antes imaginado



As aves são descendentes evolucionários diretos dos dinossauros terópodes, a partir de um grupo deles composto por répteis carnívoros e revestidos com penas, os quais, junto com as aves modernas, são referidos como 'paravianos' (aqui englobando, por exemplo, os famosos Velociraptores). Agora, pesquisadores da Universidade de Bristol, Reino Unido, parecem ter detalhado um deles com uma acuracidade antes nunca vista para uma espécie de dinossauro.

Os pesquisadores examinaram, em alta resolução, um excepcionalmente bem preservado fóssil de um dinossauro paraviano do gênero Anchiorinis, o qual possui o tamanho de um corvo. Eles compararam suas penas fossilizadas com as de outros dinossauros e de aves extintas.

- Continua após o anúncio -



As penas ao redor do corpo do Anchiornis - conhecidas como 'penas de contorno' - revelaram uma nova e primitiva forma de pena consistindo de uma curta estrutura oca de suporte (o raque), barbas independentes e flexíveis saindo do raque a partir de baixos ângulos e formando dois planos e um formato geral ramificado. Essa caracterização foi possível graças a processos de decaimento que separaram algumas dessas penas do corpo antes do soterramento e fossilização, tornando a estrutura mais fácil de ser interpretada. (Atenção: a pena abaixo é de uma ave moderna, apenas para servir de exemplo estrutural; mais abaixo, junto à imagem artística do Anchiornis, está a pena descrita).


De qualquer forma, tais distintos formatos de pena teriam dado a esse dinossauro uma aparência 'macia' e como se estivesse coberta de penugem. Essa plumagem pode ter afetado a habilidade desse animal de controlar sua temperatura e repelimento de água, mas possivelmente de forma menos efetiva do que as aves modernas. O desordenamento das suas penas também pode ter aumentando o arraste quando o Anchiornis planava.



Somando-se a isso, as penas sobre as asas desse dinossauro faltavam os arranjos de barbas assimétricos e aerodinâmicos das penas das aves modernas, e também não eram tão compactados quanto os dessas últimas. Isso teria dificultado a habilidade das penas de formarem uma superfície de levanto de voo. Bem, mas para compensar, paravianos como os Anchiornis empacotavam múltiplas fileiras de longas penas nas asas, ao contrário das aves modernas, onde a maior parte da superfície das asas é formada por apenas uma fileira de penas.


- Continua após o anúncio -



Além disso, os Anchiornis e outros paravianos tinham quatro asas, com longas penas nas pernas em adição aos braços, assim como penas alongadas formando uma borda ao redor da cauda. Isso aumenta a área superficial de contato, permitindo boas planadas em uma época onde o voo ainda estava inalcançável para os terópodes.

O novo trabalho vem para melhorar o nosso entendimento evolucionário das aves e do voo, e abrir uma nova janela de aparências para os dinos.

Referência: Bristol University

Dinossauros com penas eram mais 'fofos' do que antes imaginado Dinossauros com penas eram mais 'fofos' do que antes imaginado Reviewed by Saber Atualizado on dezembro 06, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]