Últimas Notícias

[5]

Novo mecanismo celular-hormonal explica porque as mulheres são bem mais suscetíveis à asma do que os homens



Um novo estudo publicado hoje na Cell Reports encontrou o que parece ser o mecanismo bioquímico principal pelo qual as mulheres (adultas) tendem a ser duas vezes mais vulneráveis à asma do que os homens (adultos): menor concentração de testosterona prevenindo inflamações no tecido pulmonar.

Pesquisas anteriores já haviam encontrado um padrão bem definido de variabilidade de risco asmático entre ambos os sexos. Antes da puberdade, garotos possuem aproximadamente 1,5 vezes mais chances de desenvolver asma do que as garotas. Porém, após a puberdade, essa tendência é invertida e as garotas passam a ter cerca de 2 vezes mais chance de terem asma. E essa nova tendência continua até a menopausa, momento a partir do qual existe um declínio sintomático.

O aumento nos sintomas da asma é regulado por vários diferentes fatores, incluindo exposição a alergênicos e infecções virais. Os hormônios sexuais recentemente entraram no círculo de culpados e já inclusive tiveram sua ação em regular a inflamação na asma descrita, apesar dos detalhes dessa ação ainda estarem menos claros.

- Continua após o anúncio -



Para explorar esse último campo, os pesquisadores do novo estudo usaram modelos humanos e de animais (ratos) para analisarem as diferenças sexuais a nível celular associadas à asma. O foco da pesquisa recaiu em células pulmonares chamadas de 'células linfoides inatas do Grupo 2 - ou 'células ILC2' -, as quais são responsáveis por produzirem citocinas. As citocinas são proteínas que causam inflamação e produção de muco nos pulmões, podendo resultar em um quadro de difícil respiração.

Ao coletarem sangue de pessoas com e sem asma, os pesquisadores encontraram que aqueles com a doença tinham mais células ILC2 do que aqueles saudáveis. E no grupo daqueles possuindo asma, as mulheres tinham mais dessas células do que os homens. E apesar dos ratos possuírem bem menos células ILC2 do que os humanos na região do pulmão, a tendência continuou a mesma: fêmeas possuíam mais delas do que os machos.

Quando os pesquisadores resolveram adicionar hormônios do ovário - como estrógenos e progesterona - às células ILC2, não houve uma mudança significativa na produção de citocinas. Porém, quando testosterona era adicionada, eles viram que esse hormônio masculino prevenia as células de expandirem e reduziam a produção de citocinas.

Esse novo achado pode ser importante para a produção de novos medicamentos e protocolos de tratamento relativos à asma.

Publicação do estudo:  Cell Reports

Novo mecanismo celular-hormonal explica porque as mulheres são bem mais suscetíveis à asma do que os homens Novo mecanismo celular-hormonal explica porque as mulheres são bem mais suscetíveis à asma do que os homens Reviewed by Saber Atualizado on novembro 28, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]