Últimas Notícias

[5]

Danos causados pelos cigarros eletrônicos parecem ser bem sérios



De acordo com um novo estudo publicado no periódico American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine, o uso de cigarros eletrônicos (e-cigarros) parece disparar respostas imunes únicas e também algumas próprias dos cigarros tradicionais (tabaco) que podem levar à doenças pulmonares.

O alerta do estudo vem em uma época onde os cigarros eletrônicos estão sendo propagandeados como uma alternativa muito mais segura do que o fumo de tabaco. Muitos chegam a promovê-los como métodos quase que totalmente seguros de uso. Ao contrário do fumo tradicional, não existe combustão orgânica nos e-cigarros e, sim, a evaporação de líquidos voláteis (solventes orgânicos) sob alto aquecimento. O vapor liberado carrega os princípios ativos de interesse colocados no produto, como a nicotina.

Segundo os autores responsáveis pelos novos achados, esse é o primeiro estudo que usa amostras de vias aéreas humanas para explorar os efeitos nocivos dos cigarros eletrônicos. Os resultados sugerem que os e-cigarros podem ser tão prejudiciais quanto os cigarros, e se juntam a outros corpos de evidências acumulados nos últimos anos que também questionam a segurança desses produtos (Os cigarros eletrônicos são realmente seguros?).

- Continua após o anúncio -



Para o estudo, os pesquisadores analisaram amostras de 15 usuários de cigarros eletrônicos, 14 fumantes de cigarro e de 15 não-fumantes. Foi encontrado que os usuários de e-cigarro exibiram distintos aumentos em:

- Proteínas relacionadas aos Neutrófilos granulócitos e neutrófilos-extracelulares- trap (NET) nas vias aéreas. Apesar dos neutrófilos (um tipo de célula branca/defesa) serem importantes na luta contra patógenos, a presença desnecessária dessas células na região pulmonar pode contribuir para doenças nessa região como a DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) e a fibrose cística.

- NETs fora do pulmão. NETs estão associadas com a morte celular no epitélio e no endotélio, os tecidos revestindo vasos sanguíneos e órgãos. Os pesquisadores concluíram que mais pesquisa é necessária para determinar se este aumento está associado com as doenças inflamatórias sistêmicas, como lúpus, vasculite e psoríase.

- Continua após o anúncio -



Além disso, o estudo encontrou que os cigarros eletrônicos produziram algumas das mesmas consequências negativas dos cigarros. Ambos, usuários de e-cigarros e usuários de cigarros, exibiram um aumento significativo em:

- Biomarcadores de estresse oxidativo e ativação de mecanismos de defesa inatos associados com doenças pulmonares. Entre esses biomarcadores estão proteínas relacionadas a detoxificatição-aldeída e ao estresse oxidativo, thioredoxina (TXN) e matriz metaloproteinase-9 (MMMP9)

- Secreções mucosas, especificamente mucina 5AC, cuja superprodução já foi associada com patologias no pulmão, incluindo bronquite crônica, bronquiectasia, asma e respiração ruidosa.

No final, esses achados geram muita preocupação, porque o número de novos usuários dos cigarros eletrônicos crescem assustadoramente ano após ano. Uma pesquisa norte-americana de 2016, no Surgeon General, mostrou, por exemplo, que o uso desses produtos entre os estudantes do ensino médio dos EUA cresceu 900% de 2011 a 2015. Isso até levou o FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA) a lançar regularizações similares às impostas ao cigarro.

- Continua após o anúncio -



Como os estudos sobre os danos dos e-cigarros ainda são poucos e muitos são de curto prazo devido ao surgimento recente desses produtos no mercado, os especialistas temem que essas alternativas ao fumo podem ser tão prejudiciais quanto à queima de insumo orgânico, mas possuindo assinaturas diferentes de danos em muitos parâmetros.

Portanto, se você nunca fumou, não entre no vício por causa da falsa segurança traga com os e-cigarros. No máximo, eles devem ser uma opção para quem já fuma e quer largar o vício, apesar dos pesares.

*As limitações do estudo incluem o fato que dos 15 usuários de e-cigarros, 5 disseram que ocasionalmente fumavam cigarros tradicionais e 12 disseram já ter fumado cigarro no passado.

Artigo Complementar: Os cigarros eletrônicos são realmente seguros?

ATENÇÃO: Os cigarros eletrônicos NÃO devem ser usados por grávidas ou perto de crianças.

Publicação do estudo: Thoracic

Danos causados pelos cigarros eletrônicos parecem ser bem sérios Danos causados pelos cigarros eletrônicos parecem ser bem sérios Reviewed by Saber Atualizado on outubro 22, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]