Últimas Notícias

[5]

Confirmada evolução recente de bicos maiores entre os Chapins-reais habitando o Reino Unido


De acordo com um estudo publicado na Science, o hábito mais do que comum dos britânicos de alimentar os pássaros pode ter resultado na evolução de maiores bicos entre os Chapins-reais (Parus major), uma pequena ave muito comum na Europa e na Ásia.

Os pesquisadores identificaram pela primeira vez as diferenças genéticas entre os Chapins-reais habitando o Reino Unido e a Holanda, permitindo ligá-las aos maiores bicos dessas aves observados no território britânico. Para o estudo, foram analisados mais de 3 mil pássaros.

Com a ajuda de dados históricos e genéticos, foi possível determinar que as diferenças no tamanho dos bicos resultou de um processo evolucionário que ocorreu dentro de um relativo curto período de tempo. Entre cerca de 1970 e os dias de hoje, os bicos dessa espécie habitando o Reino Unido foram ficando progressivamente maiores a partir da seleção natural de genes ligados a essa característica - especialmente o gene de colágeno COL4A5 -, em comparação com os espécimes encontrados na porção continental da Europa.

- Continua após o anúncio -



Nesse sentido, os pesquisadores especularam que os Chapins-reais evoluíram para melhor se alimentarem da farta oferta nutricional oferecida pelos tão comuns alimentadores de pássaros no Reino Unido. Com maiores bicos, é mais fácil acessá-los. E, para dar suporte a essa hipótese, existem três fortes evidências:

1. No Reino Unido, as pessoas investem cerca de duas vezes mais na instalação e manutenção de alimentadores de pássaros do que na Europa continental. Aliás, desde o início do século 20 os britânicos já eram bem conhecidos por esse hábito;

2. Espécimes com a variante genética para bicos mais longos são visitantes mais frequentes dos alimentadores de pássaros do que aqueles que não têm a variação genética;

3. Espécimes com essa variante genética tinham mais sucesso se reproduzindo no Reino Unido do que na Holanda.

Chapim-real interagindo com um alimentador de pássaros no Reino Unido

O mais interessante é que a sequência genética que evoluiu entre os pássaros britânicos é bem parecida com aquela nos humanos responsável por determinar o formato do rosto. Além disso, existe uma forte similaridade dessa sequência com os genes identificados com o formato dos bicos nos famosos tentilhões estudados por Darwin - um dos exemplos mais bem conhecido de características morfológicas que se adaptaram a diferentes ambientes no meio selvagem.

- Continua após o anúncio -





Publicação do estudo: Science

Confirmada evolução recente de bicos maiores entre os Chapins-reais habitando o Reino Unido Confirmada evolução recente de bicos maiores entre os Chapins-reais habitando o Reino Unido Reviewed by Saber Atualizado on outubro 23, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]