Últimas Notícias

[5]

Terapia com popular droga ilegal de baladas pode ser a grande esperança para o tratamento de Transtorno de Estresse Pós-Traumático



E uma das principais drogas combatidas pela polícia pode ser uma esperança promissora de tratamentos para pacientes com PTSD (Transtorno de Estresse Pós-Traumático, na tradução do inglês, ou, na sigla em português, TEPT) - muito comum em soldados que atuaram em guerras. O FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA) recentemente determinou que a molécula 3,4 - metilenedioximetanfetamina (MDMA) - mais conhecida como a perigosa droga ilegal ´Ecstasy´ - representa um grande avanço terapêutico para o tratamento de PTSD, algo que pode garantir uma rápida aprovação de uso.
Molécula do ecstasy

Há 40 anos existem evidências de que o ecstasy poderia ser usado como um medicamento, mas o pesado combate à substância dificultava testes clínicos. Em pessoas com TEPT, quaisquer pequenos gatilhos sensoriais, como um som ou um cheiro, podem trazer traumáticas memórias em forma de vívida experiência, tomando completo controle do corpo e do cérebro. Estudos sugerem que o ecstasy pode amenizar essa resposta emocional ativada pela traumática memória, facilitando o alívio do trauma e recuperação saudável do paciente.

Em tratamentos já sendo efetuados com o ecstasy, são realizadas várias sessões de psicoterapia, sendo algumas conduzidas com o paciente sob uso da substância. Desde 2011, 107 participantes, com TEPT há 17,8 anos na média, foram submetido à terapia com ecstasy e, 12 meses depois, 61 dos 90 do grupo inicial que ainda estavam disponíveis para análise não tinham mais o transtorno.

Além disso, o FDA já autorizou testes clínicos para avaliar com melhor precisão a eficiência da droga. No total, os pesquisadores estimam um gasto de US$25 milhões, durante um período entre o próximo verão e o ano de 2021.

Desde 2012, o FDA já elevou o status de quase 200 drogas como ´terapias de grande avanço´, algo indicando que evidências preliminares mostram efeitos terapêuticos de substancial benefício com o uso das mesmas no tratamento de certas enfermidades.

OBS.: Obviamente, ninguém deve usar ecstasy por conta própria para tratar um TEPT, já que é uma droga muito perigosa. O tratamento deve ser feito com profissionais de saúde especializados. Além disso, o uso da substância para fins terapêuticos ainda não foi liberado, onde ainda está sendo analisado questões de segurança e otimizações de doses.

Referência: Science


Terapia com popular droga ilegal de baladas pode ser a grande esperança para o tratamento de Transtorno de Estresse Pós-Traumático Terapia com popular droga ilegal de baladas pode ser a grande esperança para o tratamento de Transtorno de Estresse Pós-Traumático Reviewed by Saber Atualizado on agosto 28, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]