Últimas Notícias

[5]

Variações evolutivas únicas na cor da pele descobertas nos Nativos Americanos e Asiáticos


Até o momento, estudos investigando as bases genéticas para a determinação da cor da pele focaram mais na população Europeia - assim como muitos estudos genéticos do tipo, uma crítica aliás sendo recentemente reforçada no meio acadêmico. Recentemente, um robusto estudo investigou e revelou características genéticas e fenotípicas das variações de cores na pele ao longo do território Africano, trazendo interessantes conclusões (1). Agora, um estudo publicado na Nature Communications, focou as análises nas populações Latino Americanas, e identificou novas variações genéticas ligadas à cor da pele que evoluíram de forma independente nas populações do Leste Asiático e que foram carregadas pelos seus descendentes Americanos.

(1) Para saber mais sobre o assunto, acesse: Novas variações de genes revelam a evolução da cor de pele entre humanos e desafiam a noção de raças biológicas  na nossa subespécie

É bem estabelecido que os Nativos Americanos são geneticamente bem similares aos nativos no Leste Asiático, já que os primeiros vieram através de migrações do Leste da Sibéria até à América do Norte há 15000-20000 anos. Como uma das consequências dessa descendência, variações genéticas nos Nativos Americanos são frequentemente compartilhadas com os humanos do Leste Asiático, e outras evoluíram de forma diferenciada devido a pressões ambientais diferenciadas.

- Continua após o anúncio -



Nesse sentido, pesquisadores da University College Dublin, Irlanda, analisaram os traços genéticos por trás da pigmentação epidérmica em mais de 6 mil Latinos Americanos que possuíam uma mistura de Nativos Americanos, Europeus e Africanos, englobando indivíduos do Brasil, Colômbia, Chile, México e Peru. O resultado das análises - realizadas via estudo de associação genômica ampla (GWAS, na sigla em inglês) - revelou 5 novas regiões genômicas associadas com a cor da pele, dos olhos e dos cabelos. Em especial, os pesquisadores identificaram uma importante variação no gene MFSD12 que mostrou ser única entre as populações do Leste Asiático e da América Latina. Essa variante - associada ao loci 10q26 - parece ter sido naturalmente selecionada (mecanismo evolutivo) entre os Asiáticos do Leste após eles terem se separado dos Europeus há cerca de 40000 anos, sendo então conservada e carregada pelas ondas de migração em direção às Américas.

Isso sugere que as variações mais claras de cor de pele evoluíram duas vezes de forma independente na Eurásia (evolução convergente). Além disso, os pesquisadores inferiram que o gene MFSD12 - recentemente também associado com a pigmentação da pele em Africanos - foi submetido a uma forte seleção natural no Leste Asiático como uma adaptação às mudanças de níveis de exposição solar e radiação ultravioleta (UV) associada. Essa última conclusão veio do fato de que a frequência da variante de aminoácido Y182H - a variante identificada dentro do gene MFSD12 -, está correlacionada com a intensidade da radiação solar.

- Continua após o anúncio -



As diferentes cores na pele vistas em diferentes populações humanas ao longo do planeta são devido a diferentes níveis de melanina produzidas em células da epiderme. Essas variações de pigmentação são uma clara resposta ao balanço positivo entre danos gerados pelo UV e síntese de vitamina D na pele (2), obedecendo às variações de exposição solar a partir da linha do Equador, apesar de existirem algumas outras hipóteses evolucionárias de suporte bem mais fraco, como seleção sexual ou simples deriva genética. Aliás, o novo estudo reforçou a óbvia associação com a exposição solar. De qualquer forma, muitas pessoas tendem a ligar essas diferentes tonalidades de cor como uma diferença de graus de contribuição entre ancestralidades Africana e Europeia. O novo estudo desbancou essa crença, mostrando que variações genéticas inéditas evoluíram em outras partes do mundo.

(2) Para entender mais sobre o assunto, acesse: Cor da pele e vitamina D

Além dos achados genéticos ligados à pigmentação epidérmica, os pesquisadores também mostraram que existe uma contínua variação de cores dos olhos (na íris) entre os Latinos Americanos, entre o castanho e o preto, com dois novos genes identificados por trás dessa ampla variação associados a três novos loci (1q32,20q13 e 22q12).

Os pesquisadores também fizeram um comentário sobre a falta de ampla variação na pigmentação entre os Nativos Americanos - considerando o eixo Norte-Sul - como visto em outras regiões do mundo, especialmente o eixo Norte-Sul envolvendo a Europa e a África. Segundo os pesquisadores, isso pode ser devido ao fato de que os nativos nas Américas se estabeleceram há relativamente pouco tempo na região (~15000-20000 anos atrás), não dando tempo para a seleção natural atuar nesse sentido (apesar de processos evolutivos terem atuado para deixar a pele dos Nativos Americanos mais escura/morena). Adaptações culturais, fatores ambientais ou outros mecanismos biológicos - como melhor habilidade de bronzeamento - podem estar também envolvidas.

Centenas de genes envolvidos na pigmentação de mamíferos já foram identificados em modelos animais e mutações em alguns deles já foram mostradas de causarem raras desordens de pigmentação em humanos. No geral, variações na cor do cabelo, pele e olhos estão associadas com polimorfismos envolvendo dezenas de genes e entender essas complexas determinações fenotípicas é extremamente importante para o estudo de doenças diversas e peculiaridades na espécie humana, incluindo a evolução dos cânceres de pele.


Publicação do estudo: Nature

Leitura recomendada: Existem raças humanas?

Variações evolutivas únicas na cor da pele descobertas nos Nativos Americanos e Asiáticos Variações evolutivas únicas na cor da pele descobertas nos Nativos Americanos e Asiáticos Reviewed by Saber Atualizado on janeiro 21, 2019 Rating: 5

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]