Últimas Notícias

[5]

Novo estudo encontra que os cigarros eletrônicos podem aumentar os riscos de problemas cardiovasculares tanto quanto os cigarros tradicionais


O uso de e-cigarros - ou cigarros eletrônicos - contendo nicotina possui um significativo impacto negativo nas funções cardiovasculares, segundo um estudo publicado recentemente na Vascular Medicine. O estudo revelou que os fumantes de e-cigarros experimentam o mesmo, se não um maior nível de elevação em parâmetros cardiovasculares por prolongados períodos após o uso desses produtos, o que pode trazer graves consequências a longo prazo.

Para essa conclusão, os pesquisadores monitoraram as funções vitais de 15 voluntários (fumantes ativos) após eles fumarem cigarro, e-cigarro ou e-cigarros livres de nicotina por 5 minutos e de olhos vedados (para não saberem quais os cigarros eletrônicos estavam sendo usados). As funções vitais foram monitoradas por 2 horas após o início do fumo.

Os resultados mostraram que usar os e-cigarros e cigarros com nicotina, em comparação com o fumo livre dessa substância, possui os mesmos impactos significativos nas funções vitais, com a pressão sanguínea e o ritmo cardíaco dos voluntários sendo os principais afetados. A pressão sanguínea sistólica periférica se elevou substancialmente por 45 minutos após o uso de um e-cigarro com nicotina e 15 minutos após fumar um cigarro tradicional. O ritmo cardíaco também permaneceu elevado nos 45 minutos após o uso de e-cigarro (30 minutos para o cigarro tradicional), com um aumento maior do que 8% nos primeiros 30 minutos.

Os pesquisadores, com isso, alertaram que os e-cigarros podem ser tão perigosos quanto os cigarros tradicionais, comentando que "os parâmetros de elevação das funções vitais reportadas neste estudo com os dispositivos contendo nicotina podem trazer um aumento nos riscos de problemas cardiovasculares, algo já bem estabelecido para os cigarros tradicionais."

- Continua após o anúncio -



Muitas pessoas que nunca fumaram tabaco estão entrando na moda de inalar o vapor de e-cigarro por pensarem que essa é uma modalidade segura de "fumo". Porém, nos últimos, diversos estudos já encontraram efeitos negativos com o uso desses produtos a curto prazo (1) e o pior: não existem estudos dos efeitos a longo prazo. Os e-cigarros podem ser extremamente prejudiciais com o uso contínuo a longo termo, mas como são produtos recentes, ainda é impossível saber.

Os e-cigarros só devem ser usados, no máximo, para pessoas que querem parar de fumar o tabaco, este o qual comprovadamente é extremamente destrutivo ao corpo a longo prazo. E, mesmo assim, ainda é incerto se a "troca" compensa. O melhor mesmo é procurar ajuda profissional e utilizar produtos medicamente seguros. E, como sempre, a mais efetiva arma contra o fumo é não começar a fumar.

(1) Para saber mais sobre o assunto, acesse o artigo: Os cigarros eletrônicos são realmente seguros?

Compartilhe o artigo:



Publicação do estudo: SAGE

Novo estudo encontra que os cigarros eletrônicos podem aumentar os riscos de problemas cardiovasculares tanto quanto os cigarros tradicionais Novo estudo encontra que os cigarros eletrônicos podem aumentar os riscos de problemas cardiovasculares tanto quanto os cigarros tradicionais Reviewed by Saber Atualizado on julho 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]