Últimas Notícias

[5]

Debate ético surge com a manutenção de cérebros de porcos vivos sem um corpo


Com o objetivo de desenvolver uma forma de estudar cérebros humanos intactos em laboratório para pesquisas médicas, pesquisadores da Universidade de Yale, EUA, estão restaurando a circulação no cérebro de porcos decapitados e mantendo o órgão vivo por várias horas

Apesar de não existirem evidências de que os animais ficam 'conscientes' após tal procedimento, existe a preocupação de que algum grau de consciência possa ter permanecido. Essa problemática primeiro foi debatida em um reunião de ética científica do NIH (National Institues of Health) em Behesda, Maryland, no dia 28 de Março.

O trabalho com os cérebros dos porcos está sendo conduzido pelo Professor Nenad Sestan. Ele e seu time experimentaram com algo entre 100 e 200 porcos decapitados, e acabaram descobrindo que poderiam restaurar a circulação sanguínea do cérebro usando um sistema de bombas, aquecedores e sacos com sangue artificial. Os pesquisadores reportaram que conseguiram manter as células cerebrais vivas e capazes de sustentarem uma atividade normal por até 36 horas, restaurando inclusive a micro-circulação - o fluxo de oxigênio para pequenos vasos sanguíneos, incluindo aqueles na parte mais profunda do órgão.

Apesar de Sestan ter descrito o achado como um gigantesco avanço na área da neurociência - onde até mesmo cérebros humanos poderiam ser conservados dessa maneira para o estudo sem igual de doenças neurológicas e arriscados tratamentos -, o próprio professor foi o primeiro a levantar a questão das potenciais preocupações éticas envolvidas, tanto para os suínos quanto para os humanos alvos.

- Continua após o anúncio -



Se um cérebro humano é reanimado fora do corpo após a morte, será que a "pessoa" acordaria e sentiria um mundo sem visão, audição ou outros meios sensoriais? Como seria essa experiência. Seria ético dissecá-lo e realizar experimentos? Um artigo publicado esta semana na Nature, com a participação de 17 neurocientistas, discutiu o tema, onde argumentou-se que experimentos em tecidos de cérebro humano podem requerer proteções e regras especiais, independentemente da técnica utilizada como fonte de tais tecidos - células-tronco ou indivíduos.


Na discussão da Nature, em específico, foram consideradas três categorias de cérebros sendo experimentados e que levantam graves preocupações. O primeiro seria organoides cerebrais (bolos de tecido nervoso do tamanho de grãos de arroz); o segundo seria quimeras (ratos com tecido humano mesclado, por exemplo); e o terceiro seria tecido cerebral retirado de pessoas vivas (como pedaços de cérebro removidos durante cirurgias). Somando-se a isso, teríamos todo o órgão cerebral reanimado, com base nas pesquisas sendo conduzidas na Universidade de Yale.

Além do problema relacionado à possível existência de vestígios de consciência - ou mesmo de boa parte da consciência e funções sensoriais normais - existe a questão da técnica poder ou não ser usada por indivíduos para estender suas vidas ao transplantar seus cérebros para outros corpos (caso doenças específicas estejam consumindo o corpo mas deixando o cérebro intacto), apesar de hoje tal procedimento estar longe do possível. Aliás, essa última discussão se une àquelas sobre o polêmico transplante de cabeça (1).

(1) Artigo recomendado: O polêmico transplante de cabeça

Artigo relacionado: Transplante de órgãos de porcos para humanos não é mais ficção

Compartilhe o artigo:



Referências:
1. https://www.technologyreview.com/s/611007/researchers-are-keeping-pig-brains-alive-outside-the-body/amp/ 
2. http://www.bbc.com/news/science-environment-43928318
3. https://www.nature.com/articles/d41586-018-04813-x

Debate ético surge com a manutenção de cérebros de porcos vivos sem um corpo Debate ético surge com a manutenção de cérebros de porcos vivos sem um corpo Reviewed by Saber Atualizado on maio 01, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]