Últimas Notícias

[5]

Cientistas criam um ousado modelo para explicar a origem da Lua



Um novo estudo publicado esta semana na Journal of Geophysical Research - Planets trouxe uma nova hipótese para explicar a origem da Lua que resolve vários problemas encontrados hoje nas principais hipóteses aceitas pela comunidade científica (1). A Lua possui quase a mesma composição química da Terra, um dos principais problemas ainda hoje não muito bem explicados, e a nova hipótese vem para solucioná-lo.

O principal modelo hoje para explicar a formação da Lua defende o processo como o resultado de um grande choque do nosso planeta com um um corpo do tamanho aproximado de Marte (conhecido como Theia). Essa colisão teria lançado destroços da Terra para o Espaço, os quais mais tarde teriam se juntaram para formar o nosso satélite natural. Outro modelo recentemente proposto, e descrito em um estudo publicado ano passado na Nature (1), propõe que a Lua foi formada após o choque de sucessivos corpos menores, com os destroços resultantes sendo acumulados ao longo do tempo para a formação da Lua.

A nova hipótese proposta também sugere uma grande colisão, mas com essa última resultando na formação de uma Lua no interior do nosso planeta, em meio a uma fase especial conhecida como sinestia. Uma sinestia é formada quando uma colisão entre corpos do tamanho de planetas - e envolvendo alta energia cinética e grande momento angular - gera uma gigantesca massa super quente e rotatória de rocha derretida e vaporizada com parte do corpo em órbita sobre si mesma. Toda essa massa, então, infla em um gigantesco "donut" de rocha vaporizada.


- Continua após o anúncio -



O modelo de sinestia é um novo tipo de objeto planetário primeiro proposto pelos cientistas em 2017. É provável que sinestias não durem muito tempo - talvez por algumas centenas de anos -, encolhendo rapidamente à medida que irradiam calor (via emissão eletromagnética (2)), fazendo com que o vapor das rochas seja condensado para a forma líquida e, finalmente, colapsando em um planeta derretido.

Nesse sentido, a Terra teria atravessado por uma fase de sinestia e, eventualmente, a Lua acabou se formando dentro do nosso planeta literalmente vaporizado à temperaturas em torno de 2200-3300 °C e pressões de dezenas de atmosferas (atm).

Uma vez formada a sinestia terrestre, porções de rocha derretida injetadas na órbita durante o impacto teriam formado a semente para a Lua. Rochas de silicato vaporizadas teriam se condensado na superfície da sinestia e precipitado na 'proto-Lua', enquanto a sinestia como um todo gradualmente foi se encolhendo. Eventualmente, a Lua teria emergido das 'nuvens' da sinestia arrastando sua própria atmosfera de vapor rochoso.

- Continua após o anúncio -



Esse novo modelo proposto - baseado em cálculos dinâmicos, termodinâmicos e geoquímicos, e em simulações de sinestias - cobre o sucesso explicativo dos outros modelos e também explica perfeitamente a grande similaridade de composição da Lua com a Terra (já que se formou em seu interior), e também a pequena diferença. Como o nosso satélite natural teria se formado em altas temperaturas, acabaria perdendo facilmente seus compostos mais voláteis, o que finaliza explicando a distinta diferença de composição da Lua quando comparada com a do nosso planeta. Além disso, uma outra vantagem do modelo é que existem múltiplas formas de ocorrer uma efetiva sinestia, descartando a necessidade de um objeto com um tamanho ideal se chocando com a Terra na hora certa.

(1) Para saber mais, acesse o artigo: Os erros mais comuns sobre a Lua

(2) Para entender esse processo de emissão radiativa, acesse: Por que o calor vai do quente para o frio?

Publicação do estudo: OnlineLibrary

Cientistas criam um ousado modelo para explicar a origem da Lua Cientistas criam um ousado modelo para explicar a origem da Lua Reviewed by Saber Atualizado on março 01, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]