Últimas Notícias

[5]

Métodos hormonais contraceptivos, incluindo pílulas e DIU, estão ligados a um aumento no risco de câncer de mama


Até agora, os cientistas não possuíam uma ideia consensual de como as pílulas e outros métodos hormonais contraceptivos se comparavam aos mesmos métodos de antigamente em termos de risco de câncer de mama. Era pensado que, com a diminuição e otimização das dosagens de hormônios estrógenos e progestina, os riscos antes impostos no desenvolvimento desse tipo de câncer e outros efeitos adversos seriam praticamente anulados. Mas um novo grande estudo realizado na Dinamarca e publicado no The New England Journal of Medicine ainda encontrou significativos riscos associados.

Analisando 1,8 milhões de mulheres na Dinamarca, entre 15 e 79 anos de idade, por um total de 10,9 anos, 11517 casos de câncer foram registrados no total, entre usuárias ou não de métodos contraceptivos hormonais. Comparando os dois grupos de mulheres, os pesquisadores mostraram que havia 1 caso extra de câncer de mama para cada 7690 mulheres usando qualquer tipo de contraceptivo hormonal por 1 ano. E quanto maior o tempo de uso, maior era o risco. Mesmo mulheres que paravam de usar os contraceptivos hormonais, o risco ainda permanecia levemente maior do que aquelas que nunca usaram, apesar de diminuírem com o tempo.



Existem hoje cerca de 140 milhões de mulheres ao redor do mundo que usam contraceptivos hormonais, e o número de usuárias aumenta a cada ano. É sabido que os estrógenos promovem o desenvolvimento de câncer de mama, o câncer líder de casos entre as mulheres. Já o papel da progestina é mais complexo (também frequentemente usada em combinação nas formulações hormonais de contraceptivos), mas estudos já sugeriram uma associação positiva em mulheres na menopausa sob terapia hormonal. Nesse sentido, sempre suspeitou-se que os métodos hormonais poderiam aumentar o risco de câncer de mama, especialmente no passado, quando as pílulas eram feitas com doses acima do necessário.

Mesmo o novo estudo encontrando um maior risco de câncer de mama com o uso das atuais formulações de anticoncepcionais em variadas formas de entrega e combinações hormonais (estrógenos e progestinas isolados ou em conjunto) - pílulas e DIU, por exemplo -, esse risco absoluto foi baixo, apesar de significativo quando consideramos a quantidade de mulheres que os usam.

Além disso, o estudo teve algumas limitações. Os pesquisadores não conseguiram criar um ajuste que levasse em conta a idade da primeira menstruação, aleitamento materno, consumo alcoólico, atividades físicas e índice de massa adiposa no corpo (nesse último caso, foi ajustado apenas para aquelas que tinham dado a luz). Todos esses fatores influenciam no risco de desenvolvimento de câncer (1). Porém, como foi notado que após o fim do uso de anticoncepcionais hormonais houve uma progressiva queda nos riscos de câncer de mama, e que esses fatores continuariam influenciando o risco mesmo após a descontinuidade de uso dos hormônios, os pesquisadores não acham que isso atrapalhou as conclusões do estudo.

- Continua após o anúncio -



De qualquer forma, é importante lembrar que outros estudos de grande escala precisam ser feitos para confirmarem os achados e contornar limitações que podem ter subestimado ou superestimado os riscos associados ao câncer de mama encontrados. Somando-se a isso, esse estudo não possui o objetivo de desestimular as mulheres a não usarem os métodos anticoncepcionais hormonais, especialmente considerando a grande eficácia deles e a redução no risco de câncer de ovário, endométrio e talvez colorretal câncer (pelo menos para contraceptivos orais que eram comumente usados nas décadas de 1970 e 1980) tragos pelo uso. Os riscos e benefícios devem ser analisados junto a um especialista na área.

E importante: Nem todos os DIUs (Dispositivos Intra-Uterinos) são hormonais. Grande parte utiliza cobre na sua ação anticoncepcional, os quais são extremamente eficientes e muito recomendados pelos médicos. É uma opção mais do que válida para as mulheres que não querem usar os métodos hormonais. Para saber mais, acesse: Por que usar o DIU?


(1) Artigos Sugeridos: 

Publicação do estudo:  NEJM

Métodos hormonais contraceptivos, incluindo pílulas e DIU, estão ligados a um aumento no risco de câncer de mama Métodos hormonais contraceptivos, incluindo pílulas e DIU, estão ligados a um aumento no risco de câncer de mama Reviewed by Saber Atualizado on dezembro 08, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]