Últimas Notícias

[5]

FDA aprova arriscada terapia de engenharia celular para o tratamento de câncer



Recentemente o FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA) autorizou o uso da terapia conhecida como CAR-T em pacientes com leucemia já possuindo poucas opções de tratamento. Segundo a agência, os benefícios, nesse caso, superam os riscos.

Basicamente, o CAR-T é uma terapia que consiste em purificar células brancas do paciente alvo a partir de uma amostra de sangue e enviá-las para uma central de processamento, onde elas recebem genes entregues por vírus modificados que programam receptores celulares - chamados de ´receptores de antígenos quiméricos´ - para o reconhecimento das células de leucemia.

Essas células fruto de engenharia genética, e produzidas pela empresa suíça Novartis of Basel, são conhecidas como ´tisagenlecleucels´, e o processo para a feitura das mesmas leva cerca de 22 dias. Injetadas de volta no paciente, os novos leucócitos vão à caça das células tumorais, aniquilando-as.

Segundo estudos clínicos recentes, sem grupos de controle, 82,5% de 63 pacientes tiveram remissões do câncer com longo período de duração, algo que favoreceu a decisão do FDA. Porém, essa terapia carrega perigosos riscos. Durante os testes, 47% dos pacientes sofreram reações inflamatórias extremas conhecidas como ´síndrome da liberação de citoquina´, as quais envolvem sérios riscos imediatos de morte. Mas a Novartis se justificou com o fato de que esses casos foram tratados com sucesso.

Porém, ninguém sabe ainda os efeitos a longo prazo do CAR-T e nem seus reais benefícios, já que os estudos clínicos foram feitos sem grupos de controle.

Existem riscos de que o vírus usado para modificar as células brancas adquiram a habilidade de se replicarem, ou que a inserção imprópria dos genes transformem as células T em tumores.

De qualquer forma, muitos especialistas não estão tão preocupados com os efeitos a longo prazo porque os pacientes escolhidos para encarem a terapia praticamente não possuem outras opções que carreguem poucos riscos e estão em estado avançado de câncer. Se chegar ao ponto de surgirem problemas de longo prazo, isso já indica sucesso da intervenção.

*Na imagem acima, duas células T reprogramadas pelo CAR-T (laranjas) atacando um tumor

Referência: Nature


FDA aprova arriscada terapia de engenharia celular para o tratamento de câncer FDA aprova arriscada terapia de engenharia celular para o tratamento de câncer Reviewed by Saber Atualizado on agosto 06, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]