Últimas Notícias

[5]

Revelado misterioso programa de OVNIs do Pentágono



Reportado pela agência de notícias norte-americana The New York Times, no meio do orçamento anual de $600 bilhões do Departamento de Defesa dos EUA, $22 milhões foram encontrados sendo secretamente gastos no Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais.



Entre os anos de 2007 e 2012, o programa investigou reportes de objetos voadores não identificados (OVNIs) financiados pelo governo a partir de pedido feito por Harry Reid, um Democrata de Nevada líder majoritário do Senado na época - aposentado do Congresso este ano - e que tinha grande interesse em fenômenos espaciais. Apesar de oficialmente terminado em 2012, em termos de injeção financeira, o responsável direto pelo programa, o oficial de inteligência militar, Luis Elizondo, disse que continuou cooperando com outros agentes para levar os trabalhos até então desenvolvidos adiante, por mais 5 anos, analisando casos trazidos a eles por membros em serviço e, ao mesmo tempo, executando suas funções oficiais em outros setores do Departamento de Defesa.


- Continua após o anúncio -



Grande parte do dinheiro que entrou no programa foi para uma companhia de pesquisa coordenada pelo empreendedor bilionário e amigo de longa data de Reid, Robert Bigelow, este o qual atualmente trabalha com a NASA na produção de veículos especiais para uso humano no Espaço. Em conjunto, eram produzidos documentos que descreviam avistamentos de objetos voadores que pareciam se mover em velocidades muito altas sem sinal visível de propulsão, ou que planavam sem nenhum meio aparente de sustentação. Além disso, ligas metálicas e outros materiais alegadamente ditos de terem sido recuperados de fenômenos aéreos não identificados eram armazenados e estudados em instalações construídas em Las Vegas. Pesquisadores também analisaram pessoas que alegavam terem experimentado efeitos físicos através de encontros com objetos misteriosos e os reportes dados por membros do serviço militar sobre estranhas aeronaves avistadas.

Oficiais ligados ao programa também estudaram vídeos de encontros entre objetos desconhecidos e aeronaves militares norte-americanas. Isso inclui um vídeo liberado em agosto de um objeto meio oval e com uma 'aura' esbranquiçado, do tamanho aproximado de um avião comercial, e que estava sendo perseguido por dois jatos de combate Navy F/A-18F, na costa de San Diego, em 2004. Durante a perseguição, os dois pilotos ficam espantados com o estranho objeto e suas manobras e ficam se perguntando sobre o que ele seria.


- Continua após o anúncio -



O Pentágono (sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, localizado no condado de Arlington, Virgínia, em Washington, DC) só revelou a existência do programa após ser questionado pelo The Times este mês, afirmando que seu início se deu como parte da Agência de Inteligência de Defesa. Segundo um porta-voz do Pentágono, Thomas Crosson, o programa foi supostamente encerrado em 2012 "porque tinha sido determinado que havia outros problemas de maior prioridade que mereciam investimento e que era do melhor interesse efetuar o desvio de verba."

Mas, segundo Elizondo, a única coisa que realmente terminou em 2012 foi a entrada de dinheiro governamental. A partir de então, ele trabalhou com oficiais da Marinha e da CIA no contínuo progresso do programa. Até outubro deste ano, Elizondo continuou executando suas novas funções administrativas e dando suporte para o programa, quando acabou pedindo demissão como forma de protestar contra o que ele caracterizou como segredos excessivos e oposição interna. "Por que nós não estamos gastando mais tempo e esforço nessa área?", Elizondo escreveu em uma carta de resignação ao Secretário de Defesa, Jim Mattis. De qualquer forma, Elizondo parece ter deixado um sucessor para continuar carregando o programa, apesar de não ter revelado o nome.

Os responsáveis diretos e indiretos pelo ex-programa secreto criticam a forma como o governo, acadêmicos e boa parte do público nos EUA veem o assunto, ou seja, frequentemente com descrença e excessiva desconfiança, mas com algo do tipo não acontecendo em países como a China e a Rússia. Segundo eles, a questão devia ser analisada com maior cuidado e dedicação, tanto do ponto de vista científico quanto do ponto de vista de segurança nacional.

- Continua após o anúncio -



OVNIs têm sido repetidamente investigados nas últimas décadas nos EUA, inclusive pelo setor militar norte-americano. Em 1947, a Força Aérea iniciou uma série de estudos que investigaram mais de 12 mil alegados avistamentos de OVNIs antes que a iniciativa fosse oficialmente encerrada em 1969. O projeto, o qual incluiu um estudo apelidado de Project Blue Book, engatou de vez em 1952 e concluiu que a maioria dos avistamentos envolviam estrelas, nuvens, aeronaves convencionais ou aviões espiões, apesar de 701 dos reportes terem permanecido inexplicados.

Cientistas, porém, alertam que, apesar desses esforços de análise de OVNIs serem válidos, é preciso tomar cuidado para não sair catalogando tudo como obra de seres alienígenas. Quando as evidências são atentamente analisadas, grande parte dos fenômenos testemunhados acabam ganhando uma explicação cientificamente já estabelecida. E mesmo quando algo não é explicado, é preciso lembrar que muitas coisas na ciência ainda não possuem uma boa explicação, apenas hipóteses. Portanto, é sempre bom manter o foco em soluções científicas mais palpáveis, e não apenas cair em tentação de sempre forçar a extrapolação dos dados para uma área de interesse, algo que tende a ser mais 'religioso' do que científico.


Referência: The New York Times

Artigo Sugerido: Possíveis estruturas alienígenas na Estrela de Tabby


Revelado misterioso programa de OVNIs do Pentágono Revelado misterioso programa de OVNIs do Pentágono Reviewed by Saber Atualizado on dezembro 17, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]