Últimas Notícias

[5]

Gonorreia ficando impossível de ser tratada, alerta a OMS!



Um alerta urgente está sendo emitido pela OMS (Organização Mundial de Saúde). A gonorreia, uma das mais conhecidas e comuns doenças sexualmente transmissíveis, está se tornando incurável novamente, por causa da resistência bacteriana evoluindo de forma agressiva.

Desde a década de 1930, várias classes de antibióticos têm sido usadas para matar a bactéria que causa a gonorreia - Neisseria gonorrhoeae. Porém, o uso excessivo e mau uso desses medicamentos desde então levou à crescente resistência desse microrganismo aos mesmos. 

De acordo com um estudo publicado nesta semana, já existe uma robusta resistência da bactéria a três tipos comuns de antibióticos prescritos para a gonorreia: ciprofloxacina - o mais barato e difundido -, azitromicina e cefalosporina. Três casos identificados pela OMS - no Japão, França e na Espanha - eram completamente intratáveis.

Novos antibióticos estão sendo testados para tentar frear as superbactérias da gonorreia, mas o problema é que sem testes que detectem a doença com mais eficiência para saber se a mesma está sendo causada pelas cepas mais resistentes, o destino dessas novas drogas pode acabar sendo o mesmo das outras em pouquíssimo tempo.

As infecções da doença podem atingir os genitais, o reto e a garganta, sendo nessa última região o mais preocupante. Isso porque quando a bactéria é empurrada via oral para a garganta, a espécie Neisseria gonorrhoeae e outras do gênero podem acabar ficando muito expostas a antibióticos sendo usados pelas pessoas para tratar qualquer infecção nessa parte do corpo. E como a população em geral abusa desses medicamentos, muitas vezes sem necessidade por não se tratar de doença bacteriana (gripes/resfriados, por exemplo), a região da garganta acaba virando um ninho de superbactérias. E tudo isso unido com o crescente declínio no uso de camisinhas só piora a situação, principalmente em países mais pobres, onde é difícil detectar focos de resistência bacteriana.

A gonorreia é transmitida por sexo desprotegido vaginal, oral e anal. Sintomas podem incluir o surgimento de um líquido grosso verde ou amarelo em órgãos sexuais, dor ao urinar e sangramentos. Em muitos casos, porém, os sintomas podem ser difíceis de serem detectados, especialmente na mulher. Se deixada sem tratamento, a doença pode aumentar os riscos da mulher em contrair uma infecção por HIV, infertilidade (ambos os sexos), problemas graves na gravidez, entre outros efeitos. 

Segundo especialistas, a melhor época para se pegar gonorreia era nos anos de 1980, onde existia vários antibióticos para tratá-la. Agora, nosso arsenal está quase esgotado. A melhor recomendação é sempre fazer sexo seguro fora de um relacionamento fixo e fazer o teste para verificar se você está portando a doença, para tentar tratá-la o mais rápido possível e impedir que a mesma seja passada para mais pessoas. 

Para saber mais sobre a resistência bacteriana e as superbactérias, acesse o artigo: O que são as superbactérias e a resistência bacteriana?

Referências:
1. http://www.who.int/mediacentre/news/releases/2017/Antibiotic-resistant-gonorrhoea/en/ 
2. http://www.bbc.com/news/health-40520125
3. http://www.nature.com/news/untreatable-gonorrhoea-on-the-rise-worldwide-1.22270 


Gonorreia ficando impossível de ser tratada, alerta a OMS! Gonorreia ficando impossível de ser tratada, alerta a OMS! Reviewed by Saber Atualizado on julho 10, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Sora Templates

Image Link [https://2.bp.blogspot.com/-XZnet68NDWE/VzpxIDzPwtI/AAAAAAAAXH0/SpZV7JIXvM8planS-seiOY55OwQO_tyJQCLcB/s320/globo2preto%2Bfundo%2Bbranco%2Balmost%2B4.png] Author Name [Saber Atualizado] Author Description [Porque o mundo só segue em frente se estiver atualizado!] Twitter Username [JeanRealizes] Facebook Username [saberatualizado] GPlus Username [+jeanjuan] Pinterest Username [You username Here] Instagram Username [jeanoliveirafit]